Corregedor-geral da União fala sobre desafios correcionais na pandemia e alterações na MP 966

22 de Maio de 2020 ← ver outras

Gilberto relembra a importância da empatia com os bons gestores e garante que a punição precisa ser apenas aos que agem com dolo.

 

Ontem, 21, o Supremo Tribunal Federal (STF) reformou o trecho da Medida Provisória (MP) 966 que descrevia a punição para “erro grosseiro”. O ministro relator do caso, Luís Roberto Barroso, seguido pela maioria dos ministros, não considerou a MP 966 inconstitucional, mas destacou que agentes públicos poderão ser responsabilizados se não observarem “normas e critérios científicos e técnicos” e os “princípios constitucionais da precaução e da prevenção”.

 

Muito se falou sobre o alívio da responsabilização de agentes públicos por erros relacionados à Covid-19 e os efeitos dessas alterações. A TV Conaci conversou com o corredor-geral da União, Gilberto Waller, sobre a verdadeira situação enfrentada pela administração pública nesse momento e as mudanças na MP.  

 

Waller salientou na entrevista que o gestor público precisa agir rapidamente durante a crise. “O país clama por decisões rápidas. Com isso, tudo que a administração pública planejou com fases, etapas, manuais e formas de controle, que bem empregadas chamamos de burocracia, visando o bem comum, acabam sendo rasgadas”, iniciou o corregedor.  

 

Ao final ele deixou claro que as alterações na MP não mudam muita coisa, mas na verdade responsabilizam quem agiu com dolo e não culpa, diante da falta de tempo para atuar nos contratos emergenciais. “Uma medida que foi discutida no final de março e abril, com o intuito de trazer uma segurança jurídica maior para quem atua no combate à endemia, para quem trabalha para melhorar os efeitos da pandemia e para os órgãos de controle”, comenta.

 

Confira a entrevista completa AQUI
 



Governo do Tocantins adota novas regras para procedimentos administrativos de responsabilização

Devido às restrições estabelecidas às interações sociais neste período de pandemia, novas regras são impostas aos procedimentos administrativos de responsabi...

saiba mais

Consulta pública sobre o Portal da Transparência continua até 15 de junho

A consulta pública sobre o Portal da Transparência, que iniciou na Agrotins 2020, 100% Digital, continua até o dia 15 de junho. Esta pode ser acessada...

saiba mais

nos acompanhe nas redes sociais

Receba nossas novidades por e-mail.

CONACI - Conselho Nacional de Controle Interno - Todos os direitos reservados- 2018