Impacto do Covid-19 na Auditoria Interna em perspectiva internacional comparada é tema de reunião do Conaci

23 de Abril de 2020 ← ver outras

Proatividade, visão e foco no futuro, além de agilidade nas respostas e entregas das auditorias internas foram alguns dos temas discutidos

 

O presidente do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), Leonardo Ferraz, e o 2º vice-presidente, Carlos Eduardo Girão, participaram na última segunda, 20, de reunião virtual com os países integrantes da rede PEMPAL (Public Expenditure Management Peer Assisted Learning), para abordar o impacto do Covid-19 nas ações de Auditoria Interna. Países como Holanda, Ucrânia, Reino Unido e África do Sul apresentaram suas experiências. Na ocasião, os principais assuntos tratados foram a flexibilização e adaptação do trabalho de auditoria interna durante a crise e como a Auditoria pode atuar para agregar valor à administração pública neste momento. 

 

A Holanda, por exemplo, informou que adotou como principais medidas: o uso intensivo de tecnologia, mantendo o contato com auditados e com colaboradores; entrevistas de campo via videoconferência; assinaturas digitais; produção de trilhas de auditoria; fortalecimento do papel consultivo na formulação e implantação dos pacotes, dando suporte à linha de frente (formação de decisões) e fornecendo informes regulares à Alta Administração (via briefing);  e a adoção de um papel proativo no que se refere à identificação de novos riscos (p.ex. vazamento de informações). 

 

Em relação aos desafios, o Reino Unido aponta a tecnologia, a segurança da informação e a gestão da força de trabalho como principais. Já a África do Sul, apontou a falta de integração entre os sistemas e a análise documental de processos como grandes dificultadores. Na Ucrânia, falta capacitação dos auditores em tecnologia da informação e uma unidade de central de harmonização.

 

Pesquisa realizada na Holanda e na Bélgica sobre Auditoria Interna na crise demonstrou que aproximadamente 60% dos entrevistados concordam que “a Auditoria Interna consegue adicionar valor na gestão da crise” e discordam que “a Auditoria Interna deve ficar fora do caminho durante uma crise”. Além disso, algumas palavras e expressões como “resiliência”, “lembretes”, “contato próximo e regular”, “ligações”, foram as respostas mais comuns citadas para manter a moral dos servidores em alta durante o período de teletrabalho. 

 

Além disso, Girão explica que a reunião foi importante para entender que problemas como a perda de ânimo da equipe, perda de capacidade operacional, dificuldades com a gestão de dados e sistemas, estão acontecendo em muitos órgãos e a nível mundial, estando todos inseridos nos desafios deste “mundo novo”. Assim, ao dividir experiências nessa conferência com referenciais mundiais em controle, nota-se que a necessidade de adequação dos meios é um ponto em comum para todos. “A troca de experiências sempre é importante. Essa em questão nos leva a ver que as Administrações Públicas não estavam preparadas para uma crise desse tamanho” ressalta Girão.

 

Disseminar para aprimorar

 

A parceria entre o PEMPAL e o Conaci já rende bons frutos, a exemplo da disponibilização dos materiais traduzidos no site do Conselho e da participação da instituição nos eventos virtuais da IACOP (Internal Audit Community of Practice). 

 

Hoje, 23, o presidente do conselho, Leonardo Ferraz, e o 2° vice-presidente, Carlos Girão, apresentarão os impactos da Auditoria Interna, em perspectiva comparada, aos demais membros do Conselho e a seus servidores. A quinta reunião de discussão do Controle Interno para o enfrentamento da crise gerada pelo Covid-19, vai tratar esta pauta, por meio de videoconferência, e discutir soluções para superar os efeitos causados no Brasil. Girão comenta que “a reunião do PEMPAL demonstrou a necessidade de se adaptar, flexibilizar e revisitar conceitos, em um momento como o que estamos vivendo”, demonstrar essa realidade aos membros é uma forma de aprimorar as atividades em prol do controle.

 

Sobre o PEMPAL

 

A rede de Aprendizagem Assistida por Pares de Gerenciamento de Despesas Públicas (PEMPAL) favorece a troca de experiências de especialistas nas áreas de controle interno, auditoria interna e finanças públicas nos países da Europa e Ásia Central. A rede é dividida em três Comunidades de Prática (COPs): Orçamento (BCOP), Auditoria Interna (IACOP) e Finanças (TCOP). As comunidades servem para facilitar o intercâmbio de boas práticas dos 20 países membros, por meio de reuniões virtuais e presenciais. O Conaci é a única instituição do Brasil convidada a participar.

 

Saiba mais sobre o intercâmbio de experiências Conaci e PEMPAL: AQUI

 

 

 



Governo do Tocantins adota novas regras para procedimentos administrativos de responsabilização

Devido às restrições estabelecidas às interações sociais neste período de pandemia, novas regras são impostas aos procedimentos administrativos de responsabi...

saiba mais

Consulta pública sobre o Portal da Transparência continua até 15 de junho

A consulta pública sobre o Portal da Transparência, que iniciou na Agrotins 2020, 100% Digital, continua até o dia 15 de junho. Esta pode ser acessada...

saiba mais

nos acompanhe nas redes sociais

Receba nossas novidades por e-mail.

CONACI - Conselho Nacional de Controle Interno - Todos os direitos reservados- 2018