Secont apresenta projeto-piloto do Repositório Digital do Conhecimento do Conaci

13 de Fevereiro de 2020 ← ver outras

Além de elaborar o projeto, a Secont vai fornecer a infraestrutura tecnológica para implementação da ferramenta 


A Secretaria de Controle e Transparência (Secont) apresentou, em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (13), o projeto de criação do Repositório Digital de Conhecimento ao presidente do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), Leonardo Ferraz. O projeto, considerado estratégico pelo Conselho, está em fase final de desenvolvimento, sob responsabilidade da Secont. 

 

A ferramenta foi apresentada pelo gestor de Tecnologia da Informação da Secont, Emerson Couto de Moura,que está à frente do projeto, em reunião que teve a presença do secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata; do controlador-geral do Estado de Minas Gerais, Rodrigo Fontenelle; da gerente de Controle Interno do Ministério Público do Estado (MP-ES), Mariana Covre; do superintendente da Controladoria Regional da União no Espírito Santo, Ricardo Plácido Ribeiro; e do corregedor-geral do Estado, Helmut Mutiz D’Auvila.  

 

Após a reunião de alinhamento, o projeto será apresentado na 34ª Reunião Técnica do Conaci, que ocorrerá nos dias 12 e 13 de março, em Vitória. Os conselheiros avaliarão as funcionalidades e poderão propor ajustes, além de definir o formato de gestão do repositório. "Esta ferramenta permite uma difusão do conhecimento quando a matéria envolvida é o Controle Interno" ressalta o presidente.

 

 

A ferramenta de TI possibilitará a preservação, o acesso remoto, o gerenciamento, a busca, a recuperação e o reuso da produção intelectual das instituições envolvidas.   Para isso, será usado o DSpace, pacote de software de código aberto que permite a captura de conteúdo em qualquer formato (vídeo, texto, áudio de dados) e a busca dos conteúdos por meio de pesquisas temáticas.

 

A plataforma é totalmente gratuita e utilizada por mais de 3 mil instituições em todo o mundo. No Brasil 110 organizações já aderiram à solução, incluindo a Controladoria Geral da União (CGU) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). A CGU utilizou a ferramenta na construção do seu repositório, a Base de Conhecimento.

 

Além de elaborar o projeto, a Secont vai fornecer a infraestrutura tecnológica para o projeto-piloto, com o apoio do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Prodest). 

 


Plano Mineiro de Integridade 

 

A reunião também contou com a apresentação do Plano Mineiro de Promoção de Integridade (PMPI). O controlador-geral do Estado de Minas Gerais, Rodrigo Fontenelle, explicou que a implementação do programa, que começou no ano passado, já alcançou 55% das ações previstas. 

 

Fontenelle destacou a mobilização para engajamento dos servidores no estabelecimento de uma cultura de integridade como um dos pontos fortes da experiência de Minas Gerais. Uma das estratégias adotadas foi a realização de capacitações em gestão de risco, além da criação do Guia de Integridade Pública e do Guia de Integridade para Instituições Privadas. “Nosso foco foram as pequenas e médias empresas”, disse o controlador-geral. 

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Secont
Cintia Bento Alves
(27) 3636-5354 | (27) 98895-1695
cintia.alves@secont.es.gov.br



Sistema de Controle Interno de Pernambuco é tema de palestra na PGE

O Sistema de Controle Interno da administração do Governo de Pernambuco foi o tema da palestra ministrada na tarde desta segunda-feira (17) pela secretária...

saiba mais

Inscrições abertas para o 1º Seminário Controle Interno para uma Governança Anticorrupção

As inscrições para o 1º Seminário Controle Interno para uma Governança Anticorrupção, que ocorrerá no próximo dia 11 de março, em Vitória, já estão abertas...

saiba mais

nos acompanhe nas redes sociais

Receba nossas novidades por e-mail.

CONACI - Conselho Nacional de Controle Interno - Todos os direitos reservados- 2018