Rio de Janeiro: Finanças pessoais é tema do 48º Seminário da Controladoria Geral do Município

30 de Setembro de 2016 ← ver outras

Diz a máxima que “dinheiro não traz felicidade”, mas é inegável que se trata de item indispensável para a qualidade de vida e o bem-estar. E pensando em como cuidar bem da vida financeira, o 48º Seminário da Controladoria Geral do Município do Rio de Janeiro (CGM-RJ) foi dedicado à discussão sobre finanças pessoais, com o palestrante Luiz Antonio Ochsendorf Leal, professor da UFRJ e conselheiro do CRC-RJ.

Presente na mesa de abertura, o controlador da CGM-RJ, Antonio Cesar Lins Cavalcanti, foi taxativo ao destacar a relevância da discussão do assunto. “É um tema que nos atinge individualmente. Muitas vezes, alguns de nós, pelo fato de trabalharmos num órgão como a Controladoria, pensamos entender tudo. Conhecem o ditado: ‘Em casa de ferreiro, espeto de pau’? É possível que seja o caso de alguns de vocês e por isso temos aqui o professor Luiz Antonio para falar conosco sobre uma área que poucos se especializaram no Brasil, transmitindo, para nós, formas eficientes e eficazes de tratar nossas finanças”, salientou.

Segundo a técnica de Controle Interno Elizabeth Fiuza, da GRH, que também compôs a mesa, o encontro foi uma oportunidade de ampliar as considerações sobre finanças pessoais. “Trata-se de um ponto que faz parte da vida e não é algo apenas empírico ou de intuição, envolve técnicas também. Além disso, aprender a trabalhar não só os efeitos dos problemas financeiros, mas também as causas, é fundamental”.

Já em sua apresentação, o professor Luiz Antonio optou por jogar luz sobre a importância da educação financeira na vida de todos e pensar sobre a matéria a partir de três eixos: planejamento financeiro pessoal, endividamento e questões psicológicas.

Frisou a sua paixão pela psicologia e afirmou que “o enquadramento psicológico dos nossos problemas vai fazer com que a gente melhore a nossa performance como gestor das nossas finanças”. Também ponderou que “quando maior é o conhecimento econômico e financeiro de uma pessoa, maiores são as possibilidades de terem sucesso no seu planejamento financeiro. Além disso, o planejamento não é uma camisa de força e vai muito além de apenas uma planilha”.

E, para ajudar nessa missão de colocar as contas no azul e melhorar a relação com o dinheiro, seja ao ganhá-lo, multiplicá-lo, investi-lo ou gastá-lo, o professor também deu algumas dicas de como partir para a ação. Acompanhe: Planejamento vai além do corte de despesas, envolve controle de gastos; É essencial definição e revisão periódica de metas; Uma etapa importante é a avaliação dos progressos no curto, médio e longo prazo e deve ser flexível, dependendo dos objetivos e expectativas de cada um.

Na plateia, além dos servidores da CGM-RJ, o evento contou com a presença de representantes de outros órgãos da PCRJ. Foram eles: Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria Municipal de Administração (SMA), Secretaria Municipal de Fazenda (SMF), Secretaria Municipal de Educação (SME), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), Secretaria Municipal de Urbanismo (SMU), Secretaria Municipal de Envelhecimento Ativo, Resiliência e Cuidado (SEMEARC), CET-RIO, COMLURB, Instituto Municipal Pereira Passos, Planetário, Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP), Rio Saúde, Rio Luz, representantes dos líderes cariocas da PCRJ. Destacou-se ainda a presença da estudante do curso de Ciências Contábeis do IBMEC, Rafaela Gomes Batista, revelando o interesse externo pelo encontro organizado pela CGM-RJ.

Informações para a imprensa:

Assessoria de Comunicação da CGM-RJ - Controladoria Geral do Município do Rio de Janeiro

E-mail: acs.cgm@pcrj.rj.gov.br

Telefone: (21) 21-2976-1515 / (21) 99943-9905



Controladorias de Pernambuco e Minas Gerais trocam experiências na área de gestão de riscos

Fortalecer o processo de gestão de riscos já iniciado em sua estrutura organizacional. Esse é o foco da Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) ao...

saiba mais

Atividades de controle interno contribuem para a eficiência da gestão pública

O controle interno é um dos macrossetores da Controladoria-Geral do Estado do Tocantins (CGE-TO) e atua na orientação e no monitoramento da correta aplicação do dinheiro público   Dentre ...

saiba mais

nos acompanhe nas redes sociais

Receba nossas novidades por e-mail.

CONACI - Conselho Nacional de Controle Interno - Todos os direitos reservados- 2018