Sergipe: Governo publica decreto que regulamenta declaração de bens e rendas de Agentes Públicos

10 de Abril de 2015 ← ver outras

O Governo de Sergipe, seguindo a experiência do Governo Federal, publicou no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira, 9, o decreto nº 29.979 regulamentando a obrigatoriedade de entrega da declaração de bens e rendas que os servidores e empregados públicos estaduais deverão realizar, uma vez por ano, de modo a cumprir as disposições da Lei de Improbidade Administrativa (Lei federal n° 8.429/1992).

O Decreto Estadual n° 29.979, em consonância com o texto do art. 13 da Lei Federal n° 8.429, determina que todo agente público do Poder Executivo Estadual deverá apresentar, até o dia 31 de maio de cada ano, ao setor de Recursos Humanos do respectivo órgão ou entidade de lotação, a Declaração de Bens e Valores, em papel, que compõe o seu patrimônio privado. A declaração deve ser feita também sempre que houver desligamento do serviço público.

No entendimento do Secretário-Chefe da Controladoria-Geral do Estado (CGE/SE), Adinelson Alves, a publicação desse decreto faz parte das ações de modernização administrativa que estão sendo executadas pelo Governo de Sergipe para consolidar uma gestão estadual pautada na ética e na transparência pública.

“A Controladoria-Geral do Estado está adotando as providências, em conjunto com a Secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE), para a edição de outro Decreto que vai criar a Comissão Centralizada de Ética e Transparência Pública, com o papel de orientar os gestores e servidores estaduais, quanto à compostura ética e transparente na realização das atividades no Governo de Sergipe, representando mais uma obra da administração estadual, e também uma conquista para a sociedade sergipana”, ressalta Adinelson.

De acordo com o diretor de Gestão Estratégia da CGE/SE, Roberto da Costa, a Controladoria dialogará com a Seplag e a PGE para realizar encontros com os órgãos e entidades da administração estadual, com o intuito de orientar os servidores e empregados públicos quanto à fiel aplicação das normas estabelecidas no Decreto nº 29.979.

“A CGE vai mobilizar os técnicos e gestores de recursos humanos dos órgãos e entidades para orientá-los sobre os procedimentos administrativos para que os servidores e gestores públicos estaduais apresentem a declaração de bens e rendas referente ao exercício financeiro de 2014, de modo a evitar-se o enriquecimento ilícito daqueles que ocupam cargos no governo estadual”, afirma Roberto.

Roberto da Costa destaca, ainda, que a entrega das declarações que compõe o patrimônio de cada servidor e agente público é um mecanismo de prevenção à corrupção, que fortalece os valores éticos e democráticos na administração dos recursos públicos.

Principais Pontos

De acordo com o decreto n° 29.979, são considerados agentes públicos os servidores ocupantes de cargos de provimento efetivo ou em comissão, de qualquer natureza, os empregados públicos, os diretores e empregados de empresas estatais, os agentes que exercem mandato em órgãos e conselhos de caráter deliberativo e aqueles contratados por tempo determinado. Fica também garantida a preservação do sigilo das informações por todos aqueles que tenham acesso às declarações recebidas pela administração estadual, cabendo, em caso de violação, sanções aos infratores, na esfera penal, civil e administrativa.

Decreto n° 29.979

O texto decreto n° 29.979 encontra-se disponível no site da Controladoria-Geral do Estado através do seguinte endereço eletrônico: http://www.cge.se.gov.br/images/uploads/Decreto_29_979.pdf



Ouvidoria recebe quase 50% a mais de demandas de janeiro a setembro

A Rede de Ouvidorias do Governo de Mato Grosso recebeu 19.407 manifestações da população de janeiro a setembro de 2020. O quantitativo é 48,8% superior ao...

saiba mais

Com a parceria do Governo do Tocantins, projeto Agenda Cidadã contou com mais de 7 mil acessos

A 13ª edição do projeto Agenda Cidadã encerrou na última sexta-feira, 16, contabilizando 7 mil acessos durante seis encontros regionais. O evento é uma...

saiba mais

nos acompanhe nas redes sociais

Receba nossas novidades por e-mail.

CONACI - Conselho Nacional de Controle Interno - Todos os direitos reservados- 2018