CGM/SP apresenta sindicâncias patrimoniais em reunião da Rede de Corregedorias na CGU

06 de Agosto de 2019 ← ver outras

A Controladoria Geral do Município de São Paulo (CGM/SP) participou da 2ª Reunião Ordinária da Rede de Corregedorias, promovida pela Controladoria-Geral da União (CGU), em Brasília. A reunião foi uma iniciativa do Programa de Fortalecimento de Corregedorias (PROCOR) e contou com a participação de representantes de corregedorias de todo o país. O objetivo do encontro foi fortalecer o trabalho correcional e ampliar a adesão ao PROCOR. A CGM/SP foi o primeiro órgão de controle interno do país a assinar o termo de adesão ao Programa de Fortalecimento de Corregedorias, em março deste ano. 



O Controlador Geral do Município de São Paulo, Gustavo Ungaro, representou a CGM/SP e apresentou as apurações de discrepâncias patrimoniais promovidas pelo órgão no município de São Paulo. Ungaro reforçou em sua apresentação a fundamentação legal das análises patrimoniais, que buscam combater a corrupção e o enriquecimento ilícito de servidores públicos.


O trabalho de análise patrimonial é feito pela Assessoria de Produção de Informações e Inteligência e pela Corregedoria Geral do Município, unidades da CGM/SP. Também apresentou o Sistema de Registro de Bens dos Agentes Públicos (SISPATRI), já compartilhado com 33 órgãos de controle do país, que o utilizam para aprimorar os procedimentos e práticas de controle, permitindo uma fiscalização mais abrangente e eficaz da situação patrimonial dos agentes públicos.



Na pauta da reunião também foram discutidos Processos Administrativos de Responsabilização de Entes Privados, Matriz de Responsabilidade, apresentações dos sistemas CGU-PAD e CGU-PJ, além de um relatório da Rede de Corregedorias e de novas adesões ao PROCOR.    


PROCOR

O Programa de Fortalecimento de Corregedorias (PROCOR), instituído pela Portaria nº 1.000/2019, busca aprimorar, fomentar e fortalecer os mecanismos de controle interno para apoiar e auxiliar os órgãos e as entidades públicas de todos os poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e esferas de governo (União, Estados, Distrito Federal e Municípios) na execução de suas atividades correcionais.

 

O PROCOR tem como objetivos: a integração das atividades correcionais; o aprimoramento na condução de procedimentos correcionais; o aperfeiçoamento da gestão de processos; o desenvolvimento de novas tecnologias e soluções inovadoras para aperfeiçoar as apurações correcionais; e o intercâmbio de informações e de experiências entre as corregedorias.

 

Foto: Adalberto Carvalho - ASCOM/CGU

Fonte:

Liliane Raquel Rossi

Assessora de Imprensa

Controladoria Geral do Município

(11) 3113-8236/8237

Viaduto do Chá, 15 – 10º andar – Cep. 01002-020

 



Crescem atendimentos e resolutividade das respostas da Ouvidoria-Geral do Estado

Relatório aponta que o mês de maio trouxe aumento do número de atendimentos aos usuários do Sistema de Ouvidoria de Goiás. Nos cinco primeiros meses do ano...

saiba mais

Conheça os direitos dos usuários dos serviços públicos

O usuário de serviços públicos tem diversos direitos garantidos em legislação, de forma específica na Lei Federal nº 13.460/2017, que completa quatro anos...

saiba mais

nos acompanhe nas redes sociais

Receba nossas novidades por e-mail.

CONACI - Conselho Nacional de Controle Interno - Todos os direitos reservados- 2018