Minas Gerais ocupa 2º lugar no ranking de transparência de dados sobre a vacinação

24 de Agosto de 2021 ← ver outras

Estado de Minas Gerais é o 2º colocado no ranking da OKBR, com alto nível de transparência na divulgação de dados relativos à vacinação contra o coronavírus. O Estado também foi avaliado com pontuação máxima no ranking da CGU – Escala Brasil Transparente – ocupando o 1º lugar.

 

Foi divulgado, na última sexta-feira (20/08), a versão 3.0 do Índice de Transparência da Covid-19 da Open Knowledge Brasil (OKBR). O índice é um dos mecanismos mais importantes para avaliar a qualidade dos dados e informações relativos à pandemia divulgados pela União, estados e capitais do país. Minas Gerais ocupa o 2º lugar no ranking dos estados brasileiros, com 96 pontos.

 

Nesta nova rodada, os critérios de avaliação foram revisados, passando a incluir informações sobre a vacinação e maior destaque para a publicação em dados abertos. Entre os itens analisados estão informações sobre a cobertura vacinal da população e dos grupos prioritários, aplicação da primeira e segunda dose, distribuição das vacinas, entre outros. A atualização do ranking será realizada a cada bimestre.

 

“Em uma parceria entre a Controladoria-Geral do Estado de Minas Gerais e a Secretaria de Estado de Saúde, foram implementadas diversas mudanças na publicação das informações no  Vacinometro, no Painel de Monitoramento de Casos e nos Boletins suplementares. Destacamos a criação de uma seção com a disponibilização das informações que são a base de construção dos painéis em formato aberto, disponível  aqui”, explica a Superintendente Central de Transparência, Soraia Ferreira Quirino Dias.

 

"Os índices de transparência cumprem um importante papel de incentivar a ampliação dos dados que são disponibilizados pelos governos, favorecendo o acompanhamento do enfrentamento da pandemia por toda a sociedade”, finaliza.

 

“Desde que a metodologia de avaliação da foi lançada pela OKBR, em abril de 2020, Minas Gerais buscou aperfeiçoar a disponibilização dos dados relativos à pandemia. A cada nova versão, a avaliação foi ficando cada vez mais criteriosa. Ainda assim, conseguimos avançar a cada rodada, mostrando um Estado comprometido com a transparência”, afirma o Controlador-Geral, Rodrigo Fontenelle.

 

Fonte:

Gabriela Miranda

Assessoria de Comunicação Social

Controladoria-Geral do Estado de Minas Gerais 

 



CGE-MT prorroga inscrições do seletivo para contratação de analista de TI

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) ampliou de segunda-feira (06.12) para quarta-feira (08.12) o prazo de inscrições para o seletivo simplificado destin...

saiba mais

CGM-Niterói marca presença na 40° Reunião Técnica do CONACI

A controladora-geral do Município, Cristiane Mara Rodrigues Marcelino, representando a CGM-Niterói, esteve presente na 40° Reunião Técnica do CONACI, que aconte

saiba mais

nos acompanhe nas redes sociais

Receba nossas novidades por e-mail.

CONACI - Conselho Nacional de Controle Interno - Todos os direitos reservados- 2018