Ouvidorias ampliam rede de atendimento à população em parceria inédita

25 de Junho de 2019 ← ver outras

A Prefeitura de São Paulo inaugurou na última segunda-feira (24/06), na Rua Doutor Falcão Filho, 69 – região central da capital, ao lado da estação Anhangabaú do Metrô, o espaço “Aqui tem Ouvidoria”. A ação é uma iniciativa da Controladoria Geral do Município (CGM) e da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), que investiu R$ 176 mil na reforma do imóvel próprio.

 

Na cerimônia de inauguração, a Secretária de Direitos Humanos e Cidadania, Berenice Giannella, reforçou a proposta de parceria com a CGM, que ampliará o atendimento dos órgãos. “A nossa Ouvidoria funcionava como um balcão de atendimento e a partir de 2018, com a mudança na legislação, ela tornou-se efetivamente uma Ouvidoria de Direitos Humanos, um passo importante para a cidade de São Paulo. A ideia de compartilhamento com a Controladoria, em um espaço maior e acolhedor, irá agilizar o atendimento de todas as denúncias registradas aqui”.

 

O Controlador Geral do Município de São Paulo, Gustavo Ungaro, enfatizou a importância da criação de uma rede de ouvidorias, presente na Lei que criou a CGM, garantindo esse papel estratégico na coordenação desta estrutura. Ungaro também citou a presença da Ouvidoria Geral do Município no centro da cidade e também nas unidades do Descomplica em Campo Limpo e São Miguel Paulista. “O fortalecimento dessa rede é uma medida de respeito ao cidadão, porque ouvir é respeitar. E é um grande ganho para o poder publico abrir espaços para interagir de forma mais presente e mais cotidiana na vida da população”.  

 

O Prefeito Bruno Covas lembrou que o espaço recém-inaugurado exige a participação e o envolvimento do poder público. “Quanto mais escutamos as pessoas, menos erramos. Um espaço como este não é apenas para resolver problemas pontuais, e sim para corrigir distorções e evoluir no que diz respeito à implantação de políticas públicas para atender melhor toda a população”.

 

O posto de atendimento ficará aberto de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, e representa mais uma opção de atendimento presencial aos munícipes que desejam recorrer à Ouvidoria Geral do Município (OGM) para reclamações, denúncias em geral, denúncias de assédio e pedidos de informação sobre a administração pública (e-SIC). A OGM terá uma equipe composta por dois servidores com formação jurídica e uma capacidade de 100 atendimentos por dia no novo posto de atendimento.

 

A Ouvidoria de Direitos Humanos também contará com um atendimento no local para receber denúncias de violações de direitos humanos fundamentais que decorrem da ação ou omissão de agente público e ainda da ação ou omissão de funcionário de organizações da sociedade civil parceiras da Prefeitura. A integração de um ponto de atendimento entre as Ouvidorias é inédita e representa uma economia de recursos públicos, além de fortalecer a participação e controle social.

 

Estiveram presentes à inauguração, também, os Secretários Municipais da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato, de Justiça, Rubens Rizek, da Casa Civil, João Jorge, de Infraestrutura e Obras, Victor Aly, de Comunicação, Marco Sabino, de Relações Sociais, Fátima Marques, a Ouvidora Geral do Município, Maria Lumena Sampaio, e os Vereadores Eduardo Suplicy, Caio Miranda e Police Neto.

Fonte:

 

Liliane Raquel Rossi
Assessora de Imprensa
Controladoria Geral do Município
(11) 3113-8236/8237
Viaduto do Chá, 15 – 10º andar – Cep. 01002-020

 

 



Crescem atendimentos e resolutividade das respostas da Ouvidoria-Geral do Estado

Relatório aponta que o mês de maio trouxe aumento do número de atendimentos aos usuários do Sistema de Ouvidoria de Goiás. Nos cinco primeiros meses do ano...

saiba mais

Conheça os direitos dos usuários dos serviços públicos

O usuário de serviços públicos tem diversos direitos garantidos em legislação, de forma específica na Lei Federal nº 13.460/2017, que completa quatro anos...

saiba mais

nos acompanhe nas redes sociais

Receba nossas novidades por e-mail.

CONACI - Conselho Nacional de Controle Interno - Todos os direitos reservados- 2018