Primeiro dia da 40ª RTC conta com Palestra Magna sobre liderança e valores nas relações de trabalho

02 de Dezembro de 2021 ← ver outras

Com um tom irreverente, o professor doutor e filósofo Clóvis de Barros falou sobre liderança e valores na gestão, de forma descontraída e leve, para um grande público online, durante a Palestra Magna do primeiro dia da 40ª Reunião Técnica do Conaci, RTC. Esta edição é promovida pelo Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), em parceria com a Controladoria-Geral do Estado de Goiás, CGE/GO, de forma híbrida, sendo presencial para membros do Conselho e Online para servidores das controladorias. Porém, pela primeira vez em 40 edições, o órgão abriu uma palestra para todo público interessado e a apresentação do filósofo foi transmitida no Conaci TV, no YouTube, de forma pública. O streaming conta com mais de 600 visualizações, em menos de 2 horas. (Confira AQUI)

O palestrante envolveu a todos em uma “fala coloquial”, abordando a importância de desenvolver nossa mente e ter foco para se alcançar bons resultados, as competências necessárias para ser um bom líder, e, como isso, pode impactar positivamente nas relações pessoais e no ambiente de trabalho. Superando as expectativas do que foi proposto na palestra, Clóvis exemplificou elementos simples dos seres humanos, atenção, hábitos, concentração, e como eles levam aos bons resultados. “Cada um de nós tem suas forças e suas fraquezas. Cabe ao líder, portanto, saber identificá-las. Cabe ao líder saber explorar o que cada um tem de melhor. E isto requer humildade! Requer a capacidade de considerar o subordinado e reconhecer a sua existência, aproveitando o que cada um tem de melhor”, disse.

Auditoria ágil

Após a palestra magna e abertura oficial do evento, com considerações da diretoria do órgão, a primeira apresentação foi sobre “Auditoria Interna Ágil: desafios e oportunidades no setor público”, com Patrícia Alves, chefe da Auditoria Interna no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, ICMBio, órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente. Ela falou como a auditoria interna ágil esta pautada nas normas internacionais e significa executar auditoria com base em metodologia ágil.

Salientou também que, em geral, ocorrem entregas parciais a cada 15 dias, com intensa interação entre a equipe de auditoria e o gestor, propiciando melhor identificação dos riscos, tratamento dos problemas de forma mais rápida e maior agilidade e simplificação do processo de supervisão da auditoria. Portanto, o planejamento e a execução da auditoria ocorrem de maneira incremental. Com entregas mais rápidas há maior engajamento entre o cliente e a auditoria, com possibilidades mais reais de agregar valor para a gestão.

 

Confira a apresentação AQUI

 

Goiás

O controlador-geral do Estado de Goiás, Henrique Ziller, apresentou aos demais controladores participantes da reunião como a CGE Goiás tem alcançado sucesso na área de controle interno e os benefícios que ferramentas de gestão estratégica adotadas trazem para a administração estadual e consequentemente para a população goiana.

Ele detalhou o trabalho de inspeção nos procedimentos de aquisição de bens pelos órgãos estaduais; as auditorias por meio do Programa de Compliance Público; a adesão ao Modelo de Capacidade de Auditoria Interna (IA-CM), adotado internacionalmente para a área de controle interno; e os resultados do Plano Operacional das Ações de Controle, um planejamento anual de tudo que será feito nas inspeções e auditorias.

Ziller também apresentou o projeto Estudantes de Atitude, realizado pelo Governo de Goiás, que consiste em uma forma de gincana na qual alunos das escolas estaduais promovem auditoria cívica na estrutura, juntamente com professores, família e a comunidade escolar para resolver alguns dos problemas encontrados. Este ano foram inscritas mais de 400 escolas com participação direta de 10 mil alunos, que concorrem a uma premiação de R$ 140 mil, a ser entregue dia 9 de dezembro.

Também foi apresentado um case da Saneago sobre a implantação e desenvolvimento do Programa de Compliance Público de Goiás (PCP) na empresa estatal de água do governo goiano, que tem contribuído para o avanço do controle interno do órgão. Em seguida foram realizados encaminhamentos administrativos pela presidência do Conaci e finalizada a reunião.

 

Toda Reunião Técnica do Conaci contou com o patrocínio da Saneago para promoção das atividades!

 



Mato Grosso: CGE aplica mais de R$ 150 milhões em multas com base na Lei Anticorrupção

Em 2021, a Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) aplicou aproximadamente R$ 150 milhões em multas a mais de 50 empresas pela prática de ilícitos previstos na Lei Anticorrupção (Lei Federal nº ...

saiba mais

PMSI fortalece o combate à corrupção e fomenta a integridade

Desde maio de 2019, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, criou o Programa MS de Integridade (PMSI) tendo a Controladoria-Geral do Estado (CGE) em conjunto com a Secretaria de Estado de Governo...

saiba mais

nos acompanhe nas redes sociais

Receba nossas novidades por e-mail.

CONACI - Conselho Nacional de Controle Interno - Todos os direitos reservados- 2018